BAFORDO – RECONTRO DO VEZ

Filme de encenação histórica

Produção: Blackmaria Produção Audiovisual para a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez

 

O Recontro do Vez ou o Torneio de Arcos de Valdevez foi um episódio decisivo para a criação da nação Portuguesa.

D. Afonso juntou exército de Castela e Galiza, entrando em Portugal e chegaram a Valdevez, mas ao rei de Portugal foi ao encontro deles com o seu exército e da forma que quis. Levantou algumas tendas num sítio e outras noutro. Como algumas pessoas vieram da parte do Imperador para um torneio, que popularmente se chamava Bafordo, imediatamente o Rei de Portugal se apresentou contra eles e com eles lutou; fizeram prisioneiro Fernando Furtado, irmão do imperador, o consul Ponce Cabreira, Bermudo Peres e Varela, filho de Fernando Joanes, irmão de Paio Curvo, e Rodrigo Fernandes, pai de Rodrigo Fernando e Martinho Cabra, sobrinho do consul D. Poncio e muitos outros que vieram com eles.

Então o Imperador não podendo dissimular que sorte tinha declarado para o seu adversário o rei de Portugal, e que Deus o acompanhava e que desde a sua entrada em Portugal o seu exército tinha sofrido várias desfeitas e que ainda maior ameaça era mandou o arcebispo de Braga, D. João Peculiar e outros homens de bem e pediu-lhes que viessem ver o rei de Portugal para fazerem a boa paz e assinaram-na de forma perpétua. Foi o que aconteceu, e combinaram então o acordo de facto, debaixo de uma tenda, o imperador e o rei de Portugal abraçaram-se um ao outro, comeram e beberam juntos, falaram a sós e em segredo, assim que cada um deles voltasse pessoalmente à paz.” Crónica D. Afonso Henriques